(11) 3225-0723

Atendemos todo o território nacional

Quando devo me preocupar com a manutenção?

A manutenção é vista negativamente por muitos gestores, onde cabe erroneamente a classificação como sendo um centro de custos, digo que não é, vamos analisar juntos esse assunto?

Inicialmente questiono, quantas empresas mantém uma equipe de manutenção in house?

Pode ser bem oneroso, não é mesmo? Principalmente dependendo do porte desta empresa.

É claro que a terceirização passa a ser uma opção interessante para muitas instituições, desde que seja eficiente com soluções rápidas de atendimento, dentro das mais variadas normas técnicas, com padrões de qualidade e nobremente com custos administráveis.

Agora fica mais um questionamento no ar, onde encontrar uma empresa prestadora de serviços de manutenção, qualificada e principalmente que atenda às necessidades de cada empresa de forma customizada? Pois, cada empresa tem em singular a sua necessidade de suporte.

Vale a pena ficar atento, quando abordamos os conceitos de custos, visto que é fato onde o barato, pode sair bem caro depois, não é mesmo?
Questiono novamente, quanto custa um equipamento parado?
Sobre a mesma temática ainda questiono, quais são os transtornos aos seus clientes decorrentes pela não funcionalidade de um simples banheiro interditado?

Como pode ser penosa uma simples troca de uma lâmpada queimada no ambiente de atendimento?

Pode ter certeza que, por melhor que seja a sua localização, ou mesmo o seu atendimento, produtos e serviços oferecidos, o usuário observa com atenção as suas instalações, onde tudo tem que estar sempre funcional e impecável.

Não podemos esquecer que somos também consumidores de um determinado produto e/ou serviço na sociedade, onde nós mesmos questionamos constantemente tudo ao nosso redor, concordam? Jamais podemos negligenciar, que o cliente deve estar sempre em primeiro lugar.
Quando esta empresa se trata de um prestador na área da saúde, seja no segmento médico, odontológico, veterinário um número maior de normas e portarias passam a serem fiscalizadas minuciosamente.

Finalizo o que chamo de primeiro chamado interrogando, quem você chama quando tem a necessidade de uma manutenção?

Reflita sobre o assunto! 😉

Reveja a primeira parte deste artigo aqui.

Eraldo Gonçalves de Carvalho

Eraldo Gonçalves de Carvalho

Gestor em Serviços de Saúde

Gostou? Compartilhe!
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Inscreva-se em nossa newsletter!

Fique por dentro das novidades e receba nosso conteúdo exclusivo.

    Rolar para cima